Índice de aprovação de vistos para os Estados Unidos caiu nos últimos meses

Os últimos meses tem sido de incertezas para aqueles que estão pensando em viajar para os Estados Unidos, desde a aprovação de vistos até mesmo quando alguns turistas são entrevistados pela imigração no desembarque.

As restrições começaram com sete países com população de maioria muçulmana, mas em pouco tempo a imigração americana ficou mais rigorosa com turistas de outros países, inclusive o Brasil.

O que reduziu a aprovação de vistos?

A aprovação de vistos somente é realizada após a entrevista no consulado americano.

Alguns especialistas afirmam que as novas medidas tomadas pela imigração, como a análise das redes sociais do turista e o questionamento mais detalhado sobre relações de amizades e antecedentes podem influenciar a aprovação ou não da solicitação, mas não é só isso.

Muitos esquecem que um dos principais fatores de aprovação de vistos é a comprovação de lastros com o Brasil, ou seja, que o turista que deseja ir para os Estados Unidos pretende voltar ao seu país de origem.

O problema é que em tempos de tanta incerteza na economia brasileira, com os altos índices de desemprego e a falta de comprovação de renda, ficou mais difícil para muitos comprovar estas ligações.

Como a análise ficou mais rigorosa e preencher os “requisitos” para conquistar o visto americano ficou mais difícil, o índice de aprovação de vistos vem caindo nos últimos tempos.

Como aumentar suas chances de conseguir o visto?

O primeiro passo para quem deseja solicitar o seu visto para os EUA é preencher o formulário DS-160 no site da embaixada, para então poder pagar as taxas e agendar a sua entrevista.

Este é um processo que pode parecer simples, mas é também um dos principais responsáveis pela reprovação do visto, ficando atrás apenas da falta de comprovação de lastros com o Brasil.

Lembre-se: a lei de imigração dos Estados Unidos presume que todos aqueles que solicitam um visto de viagem têm a intenção de imigrar, por isso cabe ao viajante comprovar o contrário.

Chegar na embaixada ou consulado com passagens aéreas compradas não ajudarão em nada a sua aprovação.

Se você e sua família desejam aumentar as chances de conquistar a aprovação dos vistos para os Estados Unidos, a melhor forma é contratar uma consultoria que possa auxiliar todo o processo e ajudá-los a preencher o formulário corretamente e prepará-los para a entrevista.

As condições podem parecer adversas, mas não devem ser motivo para desanimar aqueles turistas de boa fé que desejam viajar para os Estados Unidos.

E quem estiver procurando este auxílio, conhecemos algumas empresas para indicar.

Quer viajar para os Estados Unidos?

Confira este conteúdo que escolhemos especialmente para você:

Compartilhe e avise seus amigos sobre as mudanças na aprovação dos vistos para os Estados Unidos!

Comentários

Compartilhe conosco a sua opinião.